DestaqueItabirito

“Jornalistas não podem aceitar ameaças”, diz sindicato a respeito da fala do vereador Zé Maria

Em nota veiculada pelo site do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, a instituição repudiou as ameaças feitas pelo presidente da Câmara de Itabirito, vereador Zé Maria (PMDB), ao jornalista Marcelo Rebelo, articulista do Impacto.

O motivo das ameças, feitas no microfone da Câmara, ao final da sessão ordinária de 6/11, foram por causa de um artigo no qual Marcelo afirma que a assessoria de comunicação da Casa Legislativa privilegia a situação em detrimento da oposição.

Segundo o sindicato, “ameaças assim, se não passarem de bravata, representam uma clara intimidação ao trabalho jornalístico, à liberdade de imprensa e ao direito à informação. Caso se concretizem, podem incluir Marcelo Rebelo nas escandalosas estatísticas de violência contra jornalistas das quais o Brasil vem se tornando campeão mundial. Os jornalistas não podem aceitar tais ameaças. O Sindicato exige que elas sejam apuradas. As autoridades não podem se omitir”.

Em nota, a Câmara encarou o fato não como uma ameaça, mas sim como um “desabafo” e afirmou ainda que Marcelo já distorceu a fala do vereador Renê Butekus (PSDB). Sobre isso, o jornalista declarou: “As acusações do advogado Adalberto Pereira Júnior, diretor parlamentar da Câmara, de que uso a mídia para aparecer e que distorci a fala do vereador René Butekus são tão ridículas e idiotas que não vou perder tempo em respondê-las. Apenas informo que fiz um Boletim de Ocorrência Policial e tomarei as devidas medidas legais cabíveis sobre ameaças proferidas pelo presidente e vereador José Maria contra mim. E caso qualquer coisa aconteça nesse ínterim em relação à minha integridade física e ao meu patrimônio, que ele se entenda com a polícia. Ressalto também que a partir de agora fiscalizarei com muito mais rigor a atuação dos vereadores e dos servidores daquela Casa de Leis”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios