Publicidade

Em Itabirito, “construção americana” permite menos gastos com mais qualidade na hora de fazer casas   

Até 70% menos tempo na hora de construir casas e prédios e, por causa disso, menos dinheiro gasto com mão de obra. Isso sem falar na redução drástica do impacto ambiental. Com um detalhe: com qualidade superior se comparada a construções de alvenaria.

Essa tecnologia chegou a Itabirito, e hoje ela é a mais usada nos Estados Unidos e até em casas de alto padrão do Condomínio Alpahville, em Nova Lima. Trata-se da “steel frame ou construção americana. O diferencial é o uso de perfis de aço galvanizado ao invés da estrutura de concreto.

O modo de construção é bem simples e padronizado, daí o sucesso não só na Terra do Tio Sam, mas  também na Europa.

Depois de feita a fundação, colocam-se os perfis até se formar algo parecido com uma gaiola de passarinhos. Na sequência, todas as laterais da construção são fechadas com placas prontas à base de cimento, ao invés vez de blocos, e por fim vem o telhado.

“Uma forma de construção com impacto ambiental quase nulo, mais rápida, sem desperdícios de material e o melhor mais barata do que uma obra tradicional”, afirmou o engenheiro metalurgista, Luiz Filipe de Araújo Barbosa, sócio diretor da Forma Soluções Construtivas, empresa especializada na tecnologia em Itabirito.

Na opinião de Filipe, o sucesso do “steel frame (pronuncia-se estil fraime) se deve ao fato de que a sociedade está cada vez mais preocupada com a qualidade dos produtos.

Segundo ele, as pessoas já perceberam que é hora de investir em sistemas de construções sustentáveis e eficientes, que sejam mais baratos, não gerem desperdício, economizem energia e manutenção ao estilo “faça você mesmo”.

Ele explica que além da velocidade na construção. Para se ter uma ideia, uma casa de 118 metros quadrados, três quartos e suíte, pode ser construída em 90 dias com o sistema “steel frame”. Ainda possibilita um parque de obra mais limpo e uma edificação mais “termo acústica”, ou seja, menos impactada pelo barulho externo, gasta menos energia e gera mais conforto.

“A eficiência com prazo de execução até 70% mais rápido com construções acabadas em poucos meses ou dias. Esta característica faz toda a diferença para quem quer sair do aluguel ou para quem constrói como investimento”, explica Filipe.

Há ainda o ganho de área de 5%, pois as paredes do sistema de construção a seco são bem mais esbeltas que a construção em alvenaria. Tal diferença permite ganho de espaço interno e mais conforto é oferecido aos usuários do imóvel.

Pela alta precisão do método, rapidez na conclusão e profissionalização na construção, permite fidelidade orçamentária sem a ocorrência de gastos extras e surpresas desagradáveis.

Outro detalhe é que a manutenção das edificações desse sistema é mais barata e bem mais prática do que pela forma tradicional de construção.

A empresa

A Forma Soluções Construtivas foi criada em 2014 e tem metas grandes. A empresa, segundo seus diretores, tem planos de ser líder do mercado brasileiro de construção pelo “steel frame” em 10 anos.

Forma Soluções Construtivas

Rua da Carioca, 1.210, Letra A, Santa Rita.

Telefones: 31-2124-7115 ou 31-98826-6513 ou 99592-9089

Marcelo Rebelo

Marcelo Rebelo é jornalista, relações públicas, pós-graduado em E-commerce e descontente com os rumos da política local.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios