DestaqueItabirito

Acerto de contas por dívida de drogas é o motivo dos tiros em bar de Itabirito; vídeos ganham mídia

A confusão, com tiros e um menor ferido, que aconteceu às 19h34, de domingo (20), em um bar da Praça dos Imigrantes, Centro de Itabirito (MG), foi uma tentativa de homicídio. O caso ganhou repercussão estadual por meio da Record TV Minas e, depois, através da TV Alterosa (SBT – Minas)

Ninguém foi preso ou apreendido até agora. O menor, alvo das balas, foi ferido na perna, mas já está liberado.

Há indícios de que outros menores estariam envolvidos no caso. Todavia, essa informação está sendo mantida em sigilo para não atrapalhar as investigações da Polícia Civil de Itabirito.

Especulações dão conta de que estopim da discussão teria se iniciado em consequência de uma briga que começou minutos antes na Praça da Estação, também no Centro da cidade.

Todavia, o motivo principal, segundo informações extraoficiais, foi acerto de contas por dívidas com o tráfico de drogas. Segundo testemunhas, trata-se de uma rixa antiga entre os envolvidos.

Como foi

No começo da noite de domingo (20), Praça da Estação, Centro de Itabirito, três sujeitos começaram uma briga.

Um menor participante, depois da confusão, ao invés de ir para a casa, resolveu ir para um bar.

Momentos depois, exatamente às 19h34, chegaram dois dos envolvidos na confusão e, da porta do estabelecimento, começaram a atirar no que estava dentro do boteco.

A maioria dos tiros acertou o piso do bar. Isso porque todos os clientes, incluindo o menor envolvido, foram parar no chão para “se esquivar” das balas.

Os atiradores estavam usando bonés o que dificultou, em parte, a identificação deles.

O alvejado foi atingido na perna, mas não corre risco de morte.

Informações dão conta de que o menor atingido estava acompanhado de um maior que não estaria envolvido na confusão.

O dono do estabelecimento não quis se identificar e a princípio não queria falar absolutamente nada sobre o assunto. Contudo, chegou a admitir estar intrigado como as imagens de suas câmeras de segurança foram parar na televisão.

Sob ponto de vista jornalístico, as imagens são, de fato, impressionantes. Uma emissora TV dificilmente as dispensaria (veja vídeos acima e abaixo).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios